Por que todo profissional deve aprender a programar?

O mercado de trabalho está em constante evolução. Há algumas décadas, ter uma boa formação universitária era praticamente uma garantia de trabalho vitalício. Depois de alguns anos, não foi o suficiente: para um excelente profissional, além do diploma, ele precisava dominar uma língua estrangeira, especialmente o inglês. Mas isso também mudou.

A competitividade de hoje é maior do que nunca: além dessas habilidades, as empresas exigem um profissional dinâmico, flexível e bem fundamentado, capaz de analisar e resolver problemas rapidamente, o que é sempre um passo à frente. Tudo isso, claro, sempre ligado ao mundo digital.

Mas como obter todos esses recursos e acompanhar as mudanças tecnológicas? A resposta está na programação.

Tecnologia no século XXI

Hoje estamos experimentando a quarta revolução industrial. Robôs, algoritmos de inteligência artificial e todos os tipos de mídia digital conquistaram nosso mundo.

As pessoas não confiam apenas na tecnologia, mas também no mercado. Qualquer empreendedor pode usá-lo para promover seus negócios e torná-lo mais competitivo, independentemente da indústria ou do tamanho da empresa.

O proprietário da pequena empresa pode criar um site ou criar um aplicativo para o seu negócio; o médico pode usar os sistemas para marcar consultas e enviar lembretes aos pacientes; o engenheiro pode projetar e implementar simulações de seus projetos no computador; o cientista pode usar as máquinas para realizar cálculos e processos; Grandes empresas usam software de visualização e análise de dados para auxiliar na tomada de decisões.

E é com base nessa realidade que, há alguns anos, começa a discussão sobre a importância de atualizar o modelo tradicional de instituições educacionais, aproximar-se do mundo da tecnologia e do mundo acadêmico.

O ex-presidente Barack Obama já apoiou a inclusão de programação na educação básica em seus discursos. Tanto que, em 2016, ele lançou o programa Ciência da Computação para Todos. E ele não está sozinho! No primeiro trimestre de 2017, a Suécia aprovou um projeto para ensinar programação no que corresponderia ao nosso segundo ano do ensino fundamental. Além disso, grandes empresas do setor têm a mesma ideologia.

Por que programar?

Com base nos especialistas e nas opiniões dos grandes líderes de mercado, separamos as cinco principais razões pelas quais o aprendizado do programa é uma ótima idéia para aqueles que querem aproveitar suas carreiras. Confira!

Dedicação e aprendizagem

Muitas pessoas acreditam que a programação é muito complexa e difícil de aprender, e isso não é necessariamente verdade. Tudo depende do contexto.

Planejar o lançamento de um míssil, por exemplo, requer muito conhecimento e anos de prática na função, mas não é necessário criar um site, uma loja on-line, um sistema pequeno ou até mesmo um aplicativo. Hoje existem cursos, livros, jogos de programação, ferramentas e bibliotecas que podem facilitar essa tarefa e seu aprendizado.

Como acontece com qualquer outra atividade, a programação não exige nada além de prática e dedicação.

Resolução de problemas

Um dos grandes desafios a superar no modelo de ensino tradicional da maioria das escolas e universidades é que os alunos são induzidos a decorar o conteúdo em vez de explorar os problemas e tentar encontrar soluções.

Isso dificulta o aprendizado porque inibe a capacidade de raciocinar. E um dos aspectos mais importantes da programação é a resolução de problemas. Usar a programação como uma ferramenta para encontrar respostas e soluções para desafios acrescenta muito raciocínio lógico, e isso é uma necessidade em todos os profissionais.

Pensamento Progressivo

Hoje muitos produtos e serviços dependem da tecnologia e a tendência é que tudo esteja ainda mais conectado, especialmente com a disseminação de chips programáveis ​​e o conceito de Internet das Coisas (IoT). Casas, carros, eletrodomésticos e até tecnologias portáteis, também chamados de wearables, como relógios, pulseiras e óculos, vão se conectar à Internet.

Então, saber programar significa entender como tudo funciona. Esse conhecimento não apenas expande sua visão para o futuro, mas também permite que você trabalhe melhor em meio a tanta inovação.

A Mangue3 é a nossa parceira de desenvolvimento de softwares em Recife. Caso você tenha uma ideia que precisa sair do papel, entre em contato que a Mangue3 e torno o seu sonho, de mudar o mundo através da tecnologia, em realidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *